oficina classic

Mudança de óleo e filtros - 300 Tdi

Este guia é uma descrição dos passos a executar durante uma simples mudança de óleos e filtros.

Leia completamente o guia e certifique-se que os procedimentos não lhe colocam qualquer dúvida. Certifique-se também que tem o material adequado e necessário. A utilização da informação constante no guia é da exclusiva responsabilidade dos utilizadores.

Aconselha-se a utilização de cartões ou plásticos no chão de forma a minimizar a sujidade bem como a utilização continuada de luvas.

Antes de mais, o material necessário:

As ferramentas

Da esquerda para a direita:

- Chave para diversos tipos de bujões. Ainda não vai ser usada nesta fase.
- Chave de filtros usada para tirar o filtro de gasóleo, caso esteja muito apertado.
- Balde e funil para o óleo
- Uma espécie de base para colocar peças a escorrer óleo, gasóleo, etc.

Além deste material, é de extrema importância utilizar luvas impermeáveis em todo o processo, dado que lidamos com líquidos perigosos em caso de contacto continuado com a pele.

Importante também, é o óleo a utilizar. Neste caso, optei por um óleo 15W40 da BP. Há também quem use óleo 10W40 sem qualquer probelam, mas o que vem indicado no manual do motor 300tdi é o 15w40.

Óleo

Os filtros a substituir são os seguintes:

Filtros

Da esquerda para a direita:

- Filtro de ar.
- Filtro de óleo.
- Filtro de gasóleo.

Começando. O parafuso indicado na imagem abaixo é oque tem de ser desapertado para retirar o óleo. A barra em primeiro plano atrapalha um pouco o processo, pois ao desapertar o parafuso, o óleo vai jorrar com alguma força para cima da barra e espalha-se por tudo quanto é canto. Daí a necessidade do funil

Parafuso cárter

Funil

Ao desapertar o parafuso, ter em atenção que este pode cair para dentro do funil, entupindo-o parcialmente. Se isto acontecer, é provável que o funil encha rapidamente e o óleo acabe por verter para fora do balde. Por esta razão, é aconselhável proteger o chão com um plástico ou cartão.

Enquanto o óleo escorria, podemos tratar dos filtros, começando pelo filtro de ar, o mais simples de se mudar. Está localizado nesta caixa:

Caixa do filtro

Para abrir, é só puxar as 4 presilhas que existem à volta da caixa.

Filtro velho e novo:

Filtros (novo e velho)

Filtros (novo e velho)

 

Filtro novo no sítio:

Filtro de ar no sítio

 Passando ao filtro de gasóleo, tem este aspecto:

 Filtro de Gasóleo

 E está localizado aqui:

Localização filtro gasóleo

Se o filtro não estiver muito apertado, pode ser desapertado à mão. Caso contrário, esta é a altura para utilizar a chave de filtros, que aperta na base do filtro. Desaperta da direita para a esquerda:

Chave filtro gasóleo

Antes de desapertar completamente o filtro, este deverá ser envolvido em algo, de forma a evitar que o gasóleo verta para o chão. Neste caso, utilizou-se um simples saco de plástico sem furos:

Envolver filtro gasóleo

O filtro novo tem o seguinte aspecto:

Filtro de gasóleo novo

De forma a evitar que as borrachas do filtro acabem por ressequir, estas devem levar uma pequena camada de óleo:

O-Rings com óleo

Depois é só voltar a apertar o filtro no sítio. Algumas pessoas optam por atestar o filtro com gasóleo antes de o colocar no sítio. Eu nunca fiz isso e nunca tive problemas. Presumo que ao ligar o carro, possa demorar mais qualquer coisa a pegar pois o filtro tem de encher.

Filtro de gasóleo instalado

Após a instalação do filtro de gasóleo, podemos passar ao filtro de óleo. É mais um trabalho sujo. O filtro de óleo está localizado sensivelmente por cima do diferencial dianteiro e tem o seguinte aspecto:

Filtro de óleo

Se não estiver muito apertado, pode ser desapertado à mão. Caso contrário, poder-se-á voltar a utilizar a chave de filtros. Mais uma vez, esta operação provoca alguma sujidade e deverá ser utilizado algum método de contenção do óleo que vai verter. Neste caso, voltou-se a utilizar um saco de plástico:

Filtro de óleo envolto em saco

O filtro de óleo novo tem o aspecto abaixo. Apesar de não demonstrar na foto, as borrachas também devem levar uma película de óleo para evitar que venham a ressequir:

Filtro de óleo novo

O novo filtro de óleo já instalado:

Filtro de óleo instalado.

Por esta altura, o óleo do motor já deverá ter escorrido por completo. Eis o aspecto:

Óleo usado.

É uma boa altura para uma pequena informação ecológica. Todos os materiais e desperdícios utilizados nestas operações são extremamente tóxicos e devem ser tratados convenientemente. Os filtros, luvas, cartões, panos, sacos, etc utilizados nunca devem ser colocados no lixo comum. Devem ser colocados num recipiente à parte (caixote, balde, etc) e devem ser entregues num ecocentro. A maior parte deles está preparada para receber este tipo de resíduos.

O mesmo para os óleos usados. NUNCA deitar os óleos usados num esgoto! Devem ser colocados em recipientes à parte e também podem ser entregues em alguns ecocentros. A maior parte deles recebe estes resíduos. Alguns não o fazem, por isso o ideal é obter esta informação antes de iniciar estes trabalhos de manutenção.

Voltando à manutenção, está na hora de encher o cárter com o óleo escolhido. Após uma limpeza do parafuso e substituição da anilha, voltamos a fechar o cárter (não apertar demais):

Parafuso e anilha do cárter

Parafuso no cárter

O óleo novo será colocado pelo topo do motor. Desaperta-se a tampa do óleo, e após uma limpeza, colocamos o funil na abertura:

Funil

Depois é só colocar o óleo novo e ir controlando o nível:

Colocação óleo

Controlo do nível.

Entre atestar o filtro de óleo e atingir o nível de óleo no cárter, devem ser colocados à volta de 7 litros de óleo, mais coisa, menos coisa.